5 Sinais de que Você Precisa de Um Novo Site

Se você tem um site pessoal ou para sua empresa, mas a página já foi criada há anos, pode estar na hora de pensar em fazer um upgrade. Especialmente se você perceber que o site não está trazendo resultados tão bons quanto antes, esteja carregando mais devagar ou travando.

Esses problemas podem estar sendo causados por diversos motivos, como hospedagem de má qualidade, tema ou template danificado, ou simplesmente conexão lenta com a internet. Apesar disso, em grande parte das vezes, esses transtornos acontecem porque o site é velho – e, se esse for o seu caso, recomendamos que você considere criar um novo site.

Para descobrir se já está na hora de criar um site novo, vamos analisar cinco indicadores. Se sua página estiver passando pelos problemas que vamos apresentar abaixo, recomendamos que você comece a planejar seu orçamento para investir na criação de um novo site.

  1. Sua Taxa de Rejeição é Alta

A taxa de rejeição mostra quantas pessoas saem do seu site rapidamente, antes de completar nenhuma ação (como clicar em um botão ou visitar outra página).

Em média, a taxa de rejeição de um site fica entre 41% e 55%. Qualquer número acima dessa faixa é considerado alto.

Taxas de rejeição elevadas podem ser causadas por:

  • Design não-responsivo. Se as pessoas visitam seu site usando dispositivos móveis, mas seu site não foi projetado para ser visualizado em telas pequenas, suas páginas não vão carregar corretamente e, assim, serem difíceis de ler.
  • Demora para carregar. Se seu site demorar mais que 3 segundos para carregar, 40% dos visitantes vão sair da sua página.
  • Navegação ruim. O menu do seu site deve ser fácil de encontrar e de navegar. Se as pessoas não encontrarem o que procuram, não vão ficar nas suas páginas por muito tempo.
  • Design abarrotado de informações. Se seu site exibe muitos tipos diferentes de conteúdo, cores e for, no geral, abarrotado de informações, ele vai demorar mais para carregar e ser mais difícil de navegar. Quantidade nem sempre significa qualidade.
  • Erros. Qualquer tipo de erro aumenta a taxa de rejeição. Afinal, ninguém espera que os visitantes permaneçam em um site quebrado.
  1. Seu Site Não É Bem Ranqueado nos Resultados de Busca

O SEO (otimização para mecanismos de busca) é uma coleção de técnicas que podem ser aplicadas para melhorar o ranqueamento do seu site nos resultados de busca.

Melhorar o ranqueamento significa que, quando as pessoas fizerem uma pesquisa na internet (usando o Google, por exemplo) relacionada ao assunto da sua página, seu site vai aparecer entre os primeiros resultados – o que leva au aumento do tráfego.

Você pode conferir como anda o ranqueamento do seu site usando ferramentas como o Semrush e o Ahrefs. Se o ranqueamento estiver ruim, você deve analisar estes elementos do seu site:

  • Conteúdo não-otimizado. Otimizar todos os conteúdos do seu site é uma tática comprovada para melhorar o SEO. Considere escrever conteúdos sobre assuntos relevantes, atuais e muito procurados pelo seu público. Você também deve incluir palavras-chave estratégicas e mudar o tamanho das imagens grandes.
  • Carregamento lento. O Google dá pior ranqueamento os sites que demoram para carregar.
  • Alta taxa de rejeição. Se sua taxa de rejeição é alta, os mecanismos de busca vão pensar que o conteúdo do seu site é irrelevante ou de má qualidade. Por isso suas páginas não vão aparecer entre os primeiros resultados para pessoas buscando conteúdos relevantes.
  • Estratégias adicionais de SEO. Se você não escrever meta descrições, usar alt texts e criar URLs longas, o SEO do seu site não será tão bom quanto poderia ser. Essas tarefas de SEO são essenciais para quem quer aparecer entre os primeiros resultados nas buscas.
  1. Sua Taxa de Conversão É Baixa

A taxa de conversão é calculada comparando o número de visitas do seu site ao número de conversões geradas. Uma conversão pode ser quando o cliente finaliza uma compra, se inscreve na sua newsletter ou conclui outro tipo de ação que você deseja.

A taxa de conversão média vai depender do mercado e nicho nos quais seu site está inserido. Porém, estima-se que a taxa de conversão nas lojas virtuais seja de 2,27%. Se a sua for mais baixa que isso, pode ser um sinal de que seu site precisa ser atualizado.

Taxas de conversão baixas podem ser causadas por estes fatores:

  • Processo complicado de finalização de compra. Use o Google Auto-fill e peça que o cliente forneça apenas as informações necessárias. Seu objetivo deve ser tornar o processo o mais fácil e rápido possível. Do contrário, a maioria das pessoas vai simplesmente abandonar o carrinho sem finalizar a compra.
  • Preços que não são competitivos. Faça pesquisas sobre seus concorrentes para saber se você está oferecendo produtos e serviços a preços competitivos. Se você cobrar caro demais, os clientes vão comprar em sites que oferecem as mesmas mercadorias por preços menores. Se você cobrar barato demais, as pessoas vão desconfiar se seu site é mesmo confiável.
  • O design do site não passa confiança. Se o design do seu site for ultrapassado, bagunçado e não for otimizado para dispositivos móveis, isso pode prejudicar sua taxa de conversão. As pessoas não costumam confiar em empresas que não investem no visual de suas marcas.
  • Carregamento lento. Se a página de finalização de compra demorar muito para carregar, as pessoas vão sair do seu site. Quando estão comprando na internet, os clientes ficam impacientes em pouco tempo. Por isso, garanta que seu site carregue depressa.
  • Textos ruins. A descrição dos produtos tem impacto direto na taxa de conversão. Ela permite que os clientes em potencial decidam se aquele produto é ou não uma boa escolha. Se os textos do site forem mal escritos, vai ser difícil gerar conversões.
  1. O Visual É Ultrapassado

Se seu site tem cara de que foi criado em 1990, com muitas cores vibrantes e tipos diferentes de fontes, isso vai prejudicar sua marca. Afinal de contas, se o site não é atualizado, quem garante que os produtos e serviços sejam?

Um site desatualizado pode ter um efeito negativo maior do que você pensa na saúde da sua empresa. Estas são algumas áreas de um site desatualizado que podem causar problemas:

  • Compatibilidade com navegadores. Se seu site não é atualizado há um bom tempo, pode ser que ele não seja mais compatível com alguns navegadores. Nesses casos, ele vai aparecer quebrado para os clientes em potencial que tentarem acessá-lo.
  • Segurança. Se seu site foi construído há anos, talvez ele não tenha os processos de segurança necessários para manter os dados dos clientes em segurança. Confira se seu site tem um certificado SSL e outros recursos de segurança.
  • Data dos direitos autorais desatualizada no rodapé do site. Confira a data que fica no rodapé do seu site junto da frase “todos os direitos reservados” ou “copyright”. Se a data não corresponder ao ano atual, seu site está desatualizado.
  • Flash. Há um tempo atrás, a maioria dos sites era baseada no Flash. Hoje em dia o Flash é um software muito desatualizado e não é mais usado.
  • Design geral das páginas. Todos nós sabemos qual o visual dos designs modernos e atuais. Eles são clean, fáceis de navegar e mostram muito profissionalismo. Se você acha que seu site não se encaixa nessa descrição, ele provavelmente precisa de um upgrade.
  1. Seus Concorrentes Têm Sites Melhores

Confira as páginas dos seus concorrentes diretos e indiretos. Que tipo de sites eles têm? E, ainda mais importante: os sites deles são atualizados? Eles são melhores que o seu site?

Se você acha que a resposta para as duas últimas perguntas é “sim”, esse é um sinal claro de que você precisa de um novo site. Afinal, se você acha que o site dos concorrentes é melhor, é porque seu público-alvo provavelmente acha a mesma coisa. Ou seja: eles vão preferir compra na concorrência do que no site da sua empresa.

Como Criar Um Novo Site

Se você chegou à conclusão de que precisa mesmo de um novo site, a primeira coisa que vai precisar fazer é escolher a plataforma onde ele será criado. Depois, você vai precisar pesquisar sobre as melhores opções de hospedagem de sites, já que é ela que vai garantir que seu site esteja sempre no ar.

Aqui na Hostinger, nós oferecemos vários tipos de hospedagem. O tipo ideal vai depender do tamanho do seu site e da quantidade de visitas que você espera ter.

Se o site do seu negócio for bem simples e não conter nenhum elemento complexo no design, a hospedagem compartilhada, que custa a partir de R$5,99 por mês, é mais que suficiente.

Se você prevê que seu site vai crescer rapidamente e por isso prefere uma opção de hospedagem que se adapte com facilidade, conheça a hospedagem cloud, que custa a partir de R$51,99 mensais.

Independente das necessidades do seu site, quando o assunto é hospedagem você pode contar com a gente – uma coisa a menos para se preocupar.

Author

Carlos Estrella é formado em jornalismo pela UFSC e tem as funções de redator, tradutor e SEO na Hostinger Brasil. Já trabalhou com jornalismo de games e tecnologia e hoje aplica essa experiência escrevendo posts e tutoriais no blog da Hostinger. Suas paixões incluem games, dar rolês com a namorada e amigos e ler artigos aleatórios da Wikipédia de madrugada.

LINK DA POSTAGEM (RSS)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *